Telefone: (84) 3412-4414 | WhatsApp: (84) 99802-2547

Com uma mudança, Moacir pede América fiel a seu estilo: “Não temos o que inventar”


Postado em 31 de Maio de 2019 - 5:57h

Sem poder contar com o volante Leandro Melo na partida deste final de semana contra o América-PE no estádio Ademir Cunha, em Pernambuco, pela 5ª rodada da fase de grupos da Série D, o treinador do América de Natal, Moacir Júnior, já sinalizou quem deve utilizar na vaga: Moreilândia ou Makelele. Para o comandante, os dois atletas tem capacidade para assumirem a função de forma responsável. O que ele exige é que a sistemática do time não mude.

“Não temos muito o que ficar inventando. Ou joga Moreilândia ou o Fábio Souza (Makelele). Isso nós treinamos durante a semana, avaliamos, e os dois tem características para exercerem essa função, porque são bons marcadores. Independente da troca, o que o América não pode é modificar sua forma de jogar. Confiamos muito no nosso grupo, principalmente nesse setor de meio-campo, que é onde temos uma grande qualidade. O Leandro Melo com certeza será substituído à altura”, garantiu.

Questionado sobre os treinamentos fechados que vem realizando nas últimas semanas, sempre a partir das quartas-feiras, o treinador disse que trata-se de um consenso entre comissão técnica e diretoria de futebol. Para ele, situações importantes são treinadas nas atividades fechadas, e ele até citou o exemplo das bolas paradas, onde o aproveitamento rubro cresceu bastante nos últimos jogos.

“Não tem mistério. Segunda e terça, por consenso, os treinamentos são abertos, inclusive para torcedores. Tivemos um jogo-treino na segunda passada, e acho que tinha muito pouco espectador. Nos outros dias queremos ter um pouco mais de privacidade para testar algumas situações. Nossa bola parada melhorou muito do Estadual pra cá. Isso se deve a esses treinos. Se tivessem imagens desses lances, os adversários poderiam nos dar problemas”, completou.

Com 10 pontos, o América está liderando isoladamente o Grupo A6 da Série D. A partida deste fim de semana, contudo, é de fundamental importância para que não seja perdida, vez que o adversário está na segunda colocação com 9 pontos. Ou seja, se o América perder, vai ver o xará pernambucano lhe ultrapassar na tabela e encaminhar a classificação na primeira posição da chave.

Fonte: Agora RN