Telefone: (84) 3412-4414 | WhatsApp: (84) 99802-2547

Seguido por multidão, Léo Santana faz Pipoco ‘gigante’ em Salvador: ‘O dono da zorra toda’


Postado em 27 de Fevereiro de 2019 - 6:08h

Os apelidos “gigante” e “GG”, do cantor Léo Santana, ganharam outro significado entre os fãs do artista, na noite desta terça-feira (26), em Salvador, durante a festa “Pipoco”, que integra a programação do pré-carnaval da capital baiana. Além da referência à altura de Léo, os termos representaram com exatidão o que foi a dimensão do evento.

No Circuito Orlando Tapajós, entre os bairros de Ondina e Barra, na orla da capital baiana, um “mar de gente” acompanhou Léo Santana. O artista puxava o som de cima do trio elétrico e a galera respondia no coro e na dança. Em todo o percurso, não se via um folião parado.

Léo Santana chegou no circuito por volta das 18h30. Com o pé direito lesionado há algum tempo, por conta de um movimento em falso durante um jogo de futebol, o artista usava uma tala. Contudo, a animação e disposição eram as mesmas.

“Está me incomodando um pouco, mas, durante o percurso, vai me fazer esquecer essa dor. A lesão foi um pouco grave. Foram quatro ligamentos que eu rompi. Mas a quebradeira vai ser de ladinho. Bota o peso na esquerda, que está zero”, brincou o cantor, em entrevista ao G1.

O início da apresentação estava previsto para 19h, contudo, Léo começou a festa por volta das 20h. Os fãs, no entanto, não reclamaram. Enquanto a festa não começava, a galera aquecia ao som da banda do artista, com a típica “quebradeira” baiana.

Fonte: G1