Telefone: (84) 3412-4414 | WhatsApp: (84) 99802-2547

Em nota oficial, Flamengo diz estudar medidas que possam revogar ordem de interdição do CT


Postado em 18 de Fevereiro de 2019 - 8:53h

Em nota oficial enviada ao “Fantástico”, programa da TV Globo, e divulgada na noite deste domingo no site do clube, o Flamengo explicou a decisão de continuar usando o Ninho do Urubu com os jogadores profissionais mesmo após o pedido da prefeitura para suspender todas as atividades no centro de treinamento. Ainda de acordo com o documento, a diretoria estuda medidas que possam revogar a ordem de interdição do CT.

Em reportagem exibida neste domingo, o “Fantástico” mostrou trechos dos depoimentos de Márcio Garotti, diretor do Flamengo, e de Cláudia Pereira Rodrigues, representante da “NHJ do Brasil”, empresa que instalou os contêineres no local.

Na nota oficial, o Flamengo também apresentou detalhes técnicos sobre os ares-condicionados e os contêineres, usados como alojamento e palco da tragédia que matou 10 jogadores da base e deixou outros três feridos no último dia 8. O clube informa que a empresa “Collman Refrigeração” faz a manutenção dos aparelhos há 20 anos e alega que a prevenção existente no módulo habitável, sem alarme de incêndio, era a recomendada pelo fabricante.

Por fim, o clube lamentou a decisão da Justiça, que proibiu na última quarta-feira a entrada de crianças e adolescentes no centro de treinamento. A diretoria, que já havia suspendido pernoites no local até mesmo para os profissionais, considera que os jovens estão sendo prejudicados por não poderem usar os campos para treinar em atividades durante o dia.

Fonte: Globo Esporte